Como foi viajar para a África do Sul sem alugar carro

2
617

Viajar sem carro pode ser extremamente incômodo para muitos. Para mim, não é algo tão  incomum assim, pois como não dirijo, sempre arrumo saídas alternativas para driblar essa questão. Por vezes o marido opta por dirigir, mas não curte muito também. Confesso que juntando o “não gostar de dirigir dele” (na verdade ele quer é beber sem preocupação, essa é a verdade) e a mão inglesa, determinamos juntos que durante essa trip para a África do Sul, não alugaríamos carro.

Sendo assim, foi preciso amarrar desde o início um roteiro e como faríamos todos os deslocamentos. Confesso que quando busquei informação sobre como me deslocar sem carro na cidade, não encontrei muita coisa, e foi pensando em você leitor que está buscando esse conteúdo, que preparei este post.

Mas vamos às informações:

A minha viagem para a África do Sul se deu na seguinte ordem: Joanesburgo, Safari numa reserva privada em Klaserie (nosso voo foi até Hoedspruit), Franschhoek (região das vinícolas), terminando em Cape Town.
Já produzi um post completinho contando com foi o meu roteiro, confira mais clicando aqui.

Confira todos os meus deslocamentos 

Sem delongas, você poderá verificar em um único post como foram feitos todos os deslocamentos entre as cidades visitadas.

Chegada por Joanesburgo (saída do Rio)

Ao chegar no aeroporto em Joanesburgo, ja tínhamos a Laura nos esperando.
Fechamos com ela tanto o transfer ida e volta do aeroporto de Joanesburgo para o nosso hotel em Sandton, quanto o tour guiado em português pelo Soweto.
Saiba mais sobre como foi esse passeio clicando aqui.

Joanesburgo / Safari em Klaserie Reserve

Depois de 2 noites em Joanesburgo, era preciso seguir viagem. Esse trajeto foi feito de avião e durou cerca de 1 hora. Compre antecipadamente o seu bilhete num site online. Faça a cotação agora mesmo.

Compramos apenas o trecho de ida e confesso que fiquei traumatizada pois pagamos um valor alto por essa passagem, acho que nunca esquecerei. Recomendo comprar o bilhete o quanto antes. #ficaadica

O voo partia do aeroporto de Joanesburgo até Hoedspruit, pois o lugar que escolhemos para fazer o Safari foi a reserva privada de Klaserie.
Chegando em Hoedspruit, já tínhamos um transfer privativo nos esperando (estávamos em 4 pessoas, por isso conseguimos fechar dessa maneira). Se estiver sozinho ou com mais uma pessoa, verifique a possibilidade de fechar um transfer compartilhado, acredito que ficará mais barato assim. Sugiro que entre em contato com o seu hotel e peça indicação de transfer, mande emails e avalie o que possui o melhor custo benefício e só depois feche!

Os dias no Safari foram sem dúvida alguma, inesquecíveis! Mas como o valor é salgadíssimo, só pude me dar ao luxo de me hospedar por 2 noites. Se tiver com grana, recomendo que fique 3 noites, seria perfeito!!!!! Tem um post publicado já sobre como foi fazer um safari, clique AQUI.

Safari até Franschhoek

Depois da nossa estada de poucos dias vivendo a experiência mara de um Safári, seguimos viagem de Hoedspruit para Cape Town.
O transfer de retorno do hotel que escolhi para ficar até o aeroporto de Hoedspruit foi feito pela mesma empresa que nos buscou quando chegamos, e o voo até Cape Town foi tranquilo, apesar de ter atrasado mais de 1 hora.

Cote o valor da passagem de Hoedspruit para Cape Town agora, e encontrando um bom preço garanta o seu bilhete já! Lembra da passagem carérrima que eu disse que paguei? Meu erro foi ter deixado para a última hora! :(

Chegando no aeroporto de Cape Town, o Chris* já estava nos esperando. O Chris foi o escolhido para nos levar à linda Franschhoek.

O trajeto duraria aproximadamente 1 hora e foi uma excelente escolha.

*leia no final do post.

Franschhoek sem carro
Optei por andar de Wine Tram na bucólica Franschhoek

Franschhoek até Cape Town

Ficamos em Franschhoek por 3 noites, e no dia do retorno, lá estava o Chris a postos para nos buscar.

O trajeto de volta foi tranquilo também. Ele nos buscou no Le Petit Paris e nos levou até nosso próximo hotel, agora em Cape Town.

cidade-do-cabo-sem-alugar-carro
Uma vista de tirar o fôlego, assim é Cape Town. :)

Escolhemos ficar no The Villa Rosa.

Cape Town para a aeroporto

Esse trajeto foi feito de uber. Essa foi a forma mais em conta que encontramos. Preferi efetuar o pagamento em dinheiro, pois assim não ficaria vulnerável ao câmbio flutuando caso optasse pelo pagamento com o cartão de crédito. O preço foi ótimo, cerca de 250  rands ou aproximadamente R$ 63,00 no câmbio de hoje. Anote esta dica.

Espero que este post seja útil caso esteja organizando sua viagem para a África e escolha não alugar carro. Continue acompanhando o blog e até o próximo post.

PLANEJE SUA VIAGEM AQUI

Faça a sua cotação agora mesmo e faça acontecer aquela viagem que você sempre sonhou. Planeje sua viagem usando os banners do blog e aproveite essa maravilha que é conhecer o mundo.

Passagem aérea: ViajaNet e Passagens Promo

Hotel: Booking.com

Ingressos para atrações e passeios: Get Your Guide e Touron

Seguro viagem: Seguros Promo

Chip Internacional: EasySim4u

Aluguel de Carro: RentCars

2 Comentários

    • E não é!? Espero que esse post ajude os viajantes que optarem fazer essa trip sem carro! Com certeza a Africa merece e muito ser desbravada, tanto de carro quanto a pé. :)

Deixe uma resposta